Cápsulas, Microcápsulas, Nanocápsulas de Queratina em alongamentos de cabelos – Você sabe a diferença?

Compartilhar artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O método de extensão capilar com queratina, nada mais é do que colar mechas de cabelos, presas a um polímero de queratina (chamada de cápsulas), que por sua vez é presa próxima a raiz do cabelo.

Cada Cabeça uma Sentença

Ocorre, porém, que cada pessoa tem uma distribuição, textura e densidade diferentes de cabelos em seu couro cabeludo, além de rodamoinhos em locais e número únicos e, para que não agrida ou tracione o cabelo natural, não descaracterize a naturalidade esperada, nem o conforto desejado, o processo deve ser totalmente personalizado.

Método otimizado

Foi pensando nesta personalização e na necessidade da demanda e do novo perfil de cliente que a profissional, Rosy Fharia, desenvolveu a micro e a nano cápsula de queratina: mechas extremamente finas, com menos cabelos aderidos ao polímero, o que resulta em um trabalho natural e muito confortável. Isto permite que o profissional que vai aplicar a extensão possa selecionar a melhor espessura em cada área da cabeça de cada cliente, conforme a necessidade.

 Diagnóstico e construção do projeto

Para isto, é necessária uma avaliação prévia da cliente e o seu cabelo e distribuição pelo couro cabeludo, além de saber sobre seus desejos e expectativas. Após esta avaliação, os profissionais do Studio saberão exatamente quantas mechas serão necessárias, assim como a quantidade das cápsulas tradicionais (espessura padrão), das micro e nano cápsulas.  Quando a cliente retorna no dia da aplicação, as mechas já foram produzidas na quantidade e espessuras personalizadas, além de gabaritadas.

Propósito antes da técnica

Tudo isso é possível, personalização, método e técnica, porque o propósito do Studio é a naturalidade, conforto e a satisfação do cliente. Extensão capilar não deve ser vista como algo corriqueiro, mas uma grande transformação externa que influencia diretamente na transformação interna com relação a autoestima. É preciso afiar o olhar, ler nas entrelinhas, avaliar, conhecer, perceber e, sobretudo, ter empatia com a clientela. Foi este propósito que fez com que o método fosse desenvolvido e não ao contrário. Este é o segredo. Se não há empatia, a prestação de serviço se torna industrializada, pasteurizada, comum e até perigosa para os cabelos naturais da cliente que podem ser tracionados, provocando queda, além da aparência de cabelos alongados.

Gostou do artigo?

Assine gratuitamente nossa newsletter e receba mais conteúdos como esse por e-mail.

NOVO ENDEREÇO
Rua Lisboa, 90 – Pinheiros, São Paulo
(11) 3082.1974